• Rita Carvalho de Matos

A curva da Felicidade

O nosso dia a dia está cheio de mensagens subliminares. A maior parte delas passam-nos ao lado, pelo menos de forma consciente. Há, no entanto, estudos que defendem que todas as imagens e mensagens com que nos cruzamos diariamente têm um efeito directo, e muito inconsciente, na nossa vida, na nossa energia, no nosso humor.



Sendo um gesto diário, diria que seria desejável que fosse uma sensação de tranquilidade, energia boa, e ainda uma fonte de serenidade. Há muitas formas de o transformar nessa maneira, seguindo várias tendências de organização e escolhendo a que te faz mais feliz e que mais se identifica contigo. Lembra-te que na reorganização de qualquer área, categoria ou divisão, para além do objectivo final, é de extrema importância que te divirtas ao longo do processo, que aprendas com ele e que te comprometas com as aprendizagens que vais fazendo sobre ti, o teu modo de agir, o que mais gostas e até o que te leva a “abandalhar” (sim, todos temos “botões” que disparam a nossa negligência).

Hoje falo-te da parte do teu armário em que tens as peças penduradas. E como com simples mudanças, o teu dia pode começar ou terminar (depende da tua rotina para escolher a roupa do dia seguinte) duma forma mais feliz.

O teu armário hoje parece-se mais com este gráfico de análise da bolsa?



Então, pensa num gráfico de vendas, de natalidade, de crescimento do PIB,…dalguma coisa boa que gostasses de ver crescer. Uma curva ascendente é a imagem comum a qualquer escolha que faças.

Pois assim deve ser o teu armário. Da esquerda para a direita uma curva, a curva da felicidade!

1 – Coloca todas as peças compridas e pesadas à esquerda (falo sempre de quem vê o armário de frente): vestidos, casacos, macacões, calças,…

2 – Vai avançando para peças mais curtas até deixares à direita as peças mais curtas, como tops leves;

3 – A ordem vai te fazer criar categorias, e a sugestão é que tudo o que seja de mangas compridas fique à esquerda das peças de manga curta ou alças mesmo que tenham o mesmo comprimento;

4 – Por fim, as cores escuras devem ficar mais à esquerda e as claras à direita.


Com estas simples 4 mudanças, mesmo que ainda não sintas que está na hora de dar a volta ao armário, desapegar tudo o que não gostas e não usas, vais notar, a pouco e pouco, uma sensação de felicidade e leveza neste gesto diário. Deixa-te influenciar pela mensagem positiva da prosperidade, do crescimento, da curva que aponta lá para cima, onde estão os sonhos!

0 visualização

Lisboa, Portugal

  • Instagram
  • Facebook
  • Pinterest

©2019 by Happy Routines.