• Rita Carvalho de Matos

Pausa....para trabalhar!



Série: A magia da Organização, em casa e no trabalho



Quando foi a última vez que, ao olhar para a agenda semanal, sentiste que irias ter uma semana “tranquila” que te iria permitir planear, dedicares-te ou mesmo terminares um ou vários projectos? Por outras palavras, uma semana em que conseguisses efectivamente trabalhar, sem dias carregados de reuniões online? Lá longe, não é? Vamos deixar de ignorar a importância dos “furos” na agenda e, juntos, vamos descobrir uma boa forma de criar momentos de “folga”, sem interrupções, para trabalhar com prazer.


Diariamente, mais de 50% do nosso dia de trabalho é passado a gerir interrupções, coisas não essenciais, emails, reuniões… Isto significa que sobra pouco tempo numa semana para trabalho profundo, trabalho que precisa da nossa atenção plena, trabalho que gostamos mesmo de fazer. É por isso urgente darmos um passo para reconquistarmos esse tempo feliz de criação e que, no fundo, representa a nossa escolha, o nosso talento.



A proposta que te deixo é de criares o teu momento “não incomodar” na semana. Não é nada mais nada menos do que um momento em que não existem interacções: telefonemas, emails, reuniões. A minha sugestão é que comeces por definir uma manhã ou uma tarde fixa por semana, se te for possível. Informa a estrutura com quem mais trabalhas . Ainda melhor seria definirem-na em conjunto, para que todos pudessem usufruir, simultaneamente, deste incrível momento de trabalho produtivo, pois aumentaria o respeito pela pausa. Esta foi uma experiência real que a INTEL, nos EUA, levou a cabo, e que incluiu 300 colaboradores durante 7 meses. Os resultados na satisfação e na produtividade foram tão bons que o “Tempo de Reflexão” às terças de manhã foi aplicado em toda a empresa.


Não há milagres e existirão sempre momentos e tarefas menos agradáveis no nosso dia a dia laboral, mas a minha proposta é que cada um assuma as rédeas do bem-estar no trabalho. Esta é uma pequena experiência que permitirá recuperar alguns dos benefícios desta nova forma de trabalhar, tantas vezes a partir de casa. Ganhámos tempo nas deslocações, mas perdemo-lo todo para o sobrecarregar de reuniões coladas umas às outras e aos emails infindáveis. Uma manhã ou uma tarde, em silêncio, podem começar a fazer a diferença para todos.


102 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo